fbpx
 

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

Estamos sempre disponíveis para atender às suas questões e necessidades de esclarecimento. Temos todo o gosto em o(a) ouvir e por isso mesmo queremos que nos faça chegar as suas questões da forma que lhe for mais conveniente. O endereço de email geral (info@theviewpointtours.com) será certamente a via mais directa, mas se preferir poderá enviar mensagem através da nossa página de Facebook, Instagram ou qualquer outro dos canais disponibilizados.

 

Fique igualmente atento(a) às nossas newsletters! Muitas das dúvidas são esclarecidas através do conteúdo das mesmas. Se ainda não o faz, pode subscrever aqui a newsletter Viewpoint. O blog da Viewpoint é também uma excelente fonte de informação adicional.

RESERVAS DE VIAGENS E PAGAMENTOS
Quanto tempo antes da partida devo reservar?

Tão cedo quanto possível, mas 4 a 5 meses será provavelmente o período de antecedência mais aconselhado. Este hiato entre a reserva e a partida permitir-lhe-ão uma adequada preparação da viagem e o esclarecimento de toda e qualquer dúvida. Colocamos sempre um valor de reserva muito baixo, exatamente para permitir que todos(as) os(as) interessados(as) possam reservar, quanto antes, a sua viagem.

Normalmente as agências cobram 30% pela reserva, porque é que só cobram 10%?

Para algumas empresas, compreensivelmente, 30% do total da viagem como valor de reserva, é sobretudo uma forma de garantir o compromisso do(a) cliente, sabendo por exemplo que um valor desta magnitude, impede a desactivação de viagens no “último fôlego”. Tantas vezes, a viagem de 4 ou 5 fica desactivada pela desistência de 1 ou 2. Assumimos o risco! A Viewpoint pretende que a reserva não seja um factor de pressão extra sobre o(a) cliente. Para lá do facto de possuirmos sempre valores de reserva muito baixos, conseguimos em grande parte das viagens fotográficas uma redução de 50-80% dos mesmos, como esforço de promoção.

Até quando posso fazer a minha reserva?

Teoricamente, defendem alguns, até à véspera da partida. A Viewpoint, contudo, dificilmente aceita reservas realizadas a menos de 30 dias da partida, a não ser que estejam descriminadas no programa Ofertas de Última Hora – “Last Chance”, e sujeitas às condições impostas para esse mesmo programa.

Posso fazer a reserva por email ou telefone?

Não. Todas as reservas devem ser realizadas através do formulário de reserva, criado especificamente para esse fim. Nenhuma outra forma de reserva é aceite pela Viewpoint Tours.

Há alguma idade mínima para poder reservar uma viagem?

Sim. A Viewpoint só aceita reservas efectuadas por indivíduos que tenham atingido a maioridade definida para o país de origem. No caso de Portugal, 18 anos.

Posso pagar com cartão de crédito?

Sim, claro! Através do Paypal pode usar o seu cartão de crédito (Visa, MasterCard, Discover, ou American Express) sem sequer ter conta criada nesse serviço.

Aceitam Paypal?

Sim! Deverá adicionar uma taxa de 4,0% para pagamento de taxas ao Paypal.

Posso pedir para reservar, mas pagar depois?

Não! O termo “reserva” é na verdade o resultado de duas condições, a saber: preenchimento do formulário de reserva e pagamento do valor de reserva. Uma e outra são condição necessária (e suficiente) para garantir a reserva. Cada uma delas, isoladamente, não garante a reserva.

Depois de preencher o formulário posso pagar logo?

Não. As reservas de cada viagem são processadas manualmente. Aguarde p.f. um email da Viewpoint (pode demorar até 36 horas, dependendo do volume de pedidos de reserva para essa mesma viagem) e só depois ficará a saber se:

  • Continuam a existir lugares disponíveis e pode efectuar o pagamento da reserva;
  • Entretanto os lugares foram preenchidos (por ordem de chegada) e não pode efectivar a reserva para aquela data.
Se reservar mais do que um lugar tenho desconto?

Sim! Para grupos de 2 (duas) ou mais pessoas, temos preços especiais. A tarifa de reserva tem o mesmo valor mas custo total da viagem é reduzido. Entre em contacto através do endereço info@theviewpointtours.com e pergunte pelas condições pois estas variam de viagem para viagem.

Se reservar mais do que uma viagem tenho desconto, certo?

Sim! A Viewpoint oferece 5% de desconto a viajantes recorrentes (acumulável com o desconto de reservas de grupo). Isto significa que mesmo que reserve uma viagem de, por exemplo, 450,00 EUR, terá ainda assim direito a um desconto de 5% numa viagem de, por exemplo, 3000,00 EUR, o que corresponde a 150,00 EUR.

 RESERVAS DE VOOS
Vocês tratam da reserva dos voos?

Não! Desde agosto de 2018 que a Viewpoint não oferece o serviço de reserva de voos.

Que agência aconselham para reservar os meus voos?

Não aconselhamos nenhuma em particular! Procure por exemplo uma agência de viagens tradicional, da área da sua residência, e crie uma boa relação com ela. Não tem de fazer tudo online!

Onde nos encontramos se não viajarmos juntos?

A Viewpoint apresenta sempre várias opções de rendez-vouz (ou ponto de encontro). Desde o aeroporto de partida, aos aeroportos de potenciais escalas ou destinos. Os locais de início da viagem são igualmente pontos de encontro muito usuais.

SEGUROS
O seguro de viagem está incluído no custo da viagem?

Não! O(A) cliente, caso pretenda, deverá fazer o seu seguro pessoal de viagem.

O seguro de viagem é obrigatório?

Depende do destino, mas regra geral não! Existem alguns países que apresentam o seguro pessoal de viagem como requisito de entrada, mas são casos pontuais e devida e atempadamente assinalados pela Viewpoint. Presentemente, nenhuma das nossas viagens apresenta tal requisito. Não quer isto dizer, contudo, que não aconselhemos a realização de um seguro pessoal de viagem.

Que seguro recomendam?

Não recomendamos declaradamente nenhum seguro, mas podemos apontar 2 que são vulgarmente usados por viajantes. Ressalvamos, contudo, que NÃO estamos de forma alguma associados a qualquer destes seguros e que NÃO recebemos qualquer comissão pela sua recomendação. Uma das mais conhecidas é a World Nomads, que tem feito nome nos últimos anos entre os(as) viajantes. A segunda, cremos que ainda mais completa em termos de oferta para a realidade do(a) fotógrafo(a), é o seguro fornecido pela The True Traveller.

SAÚDE E CONDIÇÃO FÍSICA/MOTORA
Desloco-me em cadeira de rodas. Posso viajar convosco?

Infelizmente, pelo menos para já, não temos capacidade operacional para garantir uma boa experiência. A questão complica-se sobretudo no destino, em que as viaturas das empresas que nos prestam serviços não estão devidamente preparadas e os alojamentos, tantas vezes, carecem de instalações e infraestruturas adequadas.

Tenho grande dificuldade em movimentar-me. Devo reservar a viagem?

Fazem parte das responsabilidades atribuídas ao(à) cliente, através dos Termos e Condições de serviço aceites aquando da reserva, os seguintes pontos (entre outros):

  • Estar em condição física adequada para realizar a viagem;
  • Saber e aceitar que a assistência médica imediata às vezes é impossível em determinados locais em que as viagens decorrem;
  • Saber que se a viagem se tornar excessivamente exigente, o(a) Cliente/Participante pode ser orientado(a) à permanência no alojamento/acampamento durante as atividades diárias.
ALOJAMENTO
Em que tipo de alojamento ficamos?

Depende! O alojamento depende do destino, do tipo de aventura fotográfica, da zona ou região onde decorre parte dessa mesma aventura, dos condicionalismos impostos pela meteorologia e pela imponderabilidade inerente a qualquer viagem. Vulgarmente ficamos alojados em hotéis ou equipamentos equiparados, mas podemos também ficar em quintas, acampamentos com estruturas fixas, bungalows, etc. Em viagens como a Islândia – Road Trip & Camping, acampamos todos as “noites” excepto a última. O alojamento está devida e atempadamente assinalado na página de descrição de cada viagem.

Em que tipo de quarto vou ficar?

O quarto do alojamento é definido para ocupação dupla (2 pessoas), tipo twin (duas camas). Pode, em quase todas as viagens que temos disponíveis, optar por um suplemento de ocupação individual (single). Na esmagadora maioria das vezes, os quartos têm casa-de-banho privativa. Quando assim não acontece, pode encontrar essa indicação na página descritiva de cada viagem fotográfica.

Com quem vou ficar no quarto?

Não fazemos emparelhamentos específicos, os(as) participantes são colocados(as) por ordem de efectivação de reserva. Para as reservas conjuntas, ou de 2 ou mais pessoas que se possam considerar “um grupo”, podemos muito naturalmente providenciar condições para quem fiquem no mesmo quarto, duas a duas, ou mesmo noutro regime. Tentamos também, e sempre que possível, a colocação de clientes do mesmo género em cada quarto. Nem sempre é possível!

O alojamento fornece pequeno-almoço?

Na esmagadora maioria das vezes, sim. Quando isso não acontece especificamos essa condição na página de apresentação da viagem fotográfica. Por exemplo, na viagem à Ilha de Skye & Edimburgo (com passagem por Londres), temos 3 tipos de alojamento, a saber: hotel sem pequeno-almoço, cabine em regime de self-categring e hotel com pequeno-almoço.

E se por acaso calhar ficar sozinha(o) num quarto, tenho de pagar o suplemento single (ocupação individual)?

Sabemos que isso é prática corrente, mas não. Não tem de pagar o suplemento single se, por exemplo, for o 7º elemento de um grupo e os outros 6 já estiverem colocados em quartos twin. Neste caso, a Viewpoint suporta a diferença pelo(a) cliente.

TRANSPORTES
Quantas pessoas vão em cada viatura?

Depende da viagem e depende da viatura! Depende da viagem porque para diferentes necessidades, diferentes viaturas. Por exemplo, na Islândia, usamos um 4×4 modificado de 5 lugares. Na Escócia usamos uma carrinha de 9 lugares para nos deslocarmos em Skye. Seja como for, a ocupação máxima da viatura nunca é atingida. Deixamos sempre 1 ou mais lugares vagos para conforto dos(as) nossos(as) clientes. Sabemos que o material fotográfico ocupa espaço e que todos(as) os(as) nossos(as) clientes gostam de ter as suas câmeras consigo enquanto viajamos.

Em que tipo de viatura vamos?

Depende muito da viagem em questão. Há viagens que fazemos uso de veículos 4×4  para a abordagem a terrenos mais complicados (e.g. f-roads da Islândia), noutros casos qualquer viatura ligeira, dita “normal”, é mais do que suficiente. As viaturas pertencem sempre a empresas fornecedoras ou nossas parceiras. São viaturas novas, sujeitas a todas as inspecções obrigatórias. Fazemos também uso de transportes públicos, serviços de shuttle, e outros similares.

ALIMENTAÇÃO
A alimentação está incluída no custo da viagem?

Regra geral, não! A alimentação não está incluída, salvo se expressamente indicado o contrário.

Tínhamos por hábito incluir alimentação em todos os nossos tours (aumentando o custo dos mesmos) mas cremos que a grande maioria das pessoas beneficia do facto de poder comprar a sua própria comida ou de escolher os locais onde quer comer. É muito mais barato para os participantes já que tínhamos sempre que calcular de antemão o quanto cada participante consumia o que, quase sempre, resultava num excesso. Isto porque não podíamos, naturalmente, correr o risco de a alimentação ser insuficiente.

Devo comprar comida cá para levar?

Não cremos ser necessário, contudo, artigos como barras energéticas, snacks ligeiros e similares poderão ser úteis, nem que seja para o período de trânsito ou viagem. A excepção a este conselho vai, muito naturalmente, para os(as) clientes que possuem restrições alimentares ou intolerâncias. Por vezes, nos destinos, é difícil encontrar pontos de venda para o tipo específico de alimentos.

ALUGUER DE EQUIPAMENTO
Preciso de um(a) lente/tripé/mochila/etc. Vocês emprestam?

Não emprestamos, mas estamos neste momento em fase de testes para o aluguer de equipamento fotográfico. Temos para já disponíveis algumas objectivas, tripés, filtros ND/Graduados e outros acessórios. Entre em contacto através do endereço info@theviewpointtours.com e questione-nos relativamente ao material de que necessita.

Quem leva o equipamento na bagagem?

No caso de partirmos do mesmo aeroporto, o(a) cliente. No caso de o(a) cliente partir de outro aeroporto ou de ser um(a) cliente internacional, a Viewpoint, mediante pagamento de taxa de transporte (muito reduzida), fornece o transporte e fará a entrega no destino.

Quando tenho de devolver o equipamento?

No final da viagem, no local onde recebeu o equipamento ou, em alternativa, no último ponto de contacto com o representante da Viewpoint, sendo que neste caso poderá obrigar a pagamento de uma pequena taxa de transporte. Por exemplo: recebeu o equipamento no aeroporto do Porto, porque viajou connosco, mas resolveu alongar a sua estadia no país de destino. Deverá devolver o equipamento ao representante Viewpoint no final da viagem e será cobrado de um valor – reduzido – que se deve ao transporte em bagagem da Viewpoint.

OUTRAS INFORMAÇÕES
Temos sempre acesso à Internet? As viaturas têm wi-fi?

Nem sempre, mas quase sempre! Por exemplo, em viagens fotográficas como a viagem à Islândia ou Dolomitas, colocamos um hotspot nas viaturas de forma a fornecer acesso Wi-Fi à Internet para todos(as) os(as) nossos clientes. Em viagens à Escócia, sobretudo nas Highlands ou na Ilha de Skye, não oferecemos o mesmo serviço porque é incrivelmente caro e incrivelmente fraco. Viagens a capitais ou tours citadinos não oferecem qualquer problema já que o acesso à Internet está muito facilitado. Os alojamentos em que ficamos têm normalmente acesso à Internet mas, em alguns destinos, o acesso é tão precário que é como se não existisse.

Como é que formam os grupos que vão nas viagens?

Por ordem de efectivação de reserva, i.e., os 6/8/10 (depende da viagem) primeiros(as) clientes a efectuar a submissão do formulário de reserva, a receberem a aprovação da reserva e a efectuarem o pagamento da mesma, são adicionados a um grupo de viajantes. Assim que os grupos estão completos, informamos os(as) restantes e demais interessados(as) que poderão ser colocados(as) em fila de espera, mas que não devem efectuar o pagamento de reserva da viagem.

Que tipo de roupa/botas devo levar?

Praticamente cada viagem, apresenta especificidades próprias. A roupa aconselhada estará indicada nas dicas de viagem que os(as) participantes vão recebendo da Viewpoint, assim como no guia específico de cada viagem. Contudo, seja qual for o destino, o vestuário deverá ser o mais prático possível e tão pouco volumoso quanto as condições o permitam. Como fotógrafos(as) e pelo facto de estarmos constantemente a entrar e sair de viaturas, a carregar mochilas, tripés, etc., o vestuário não deverá ser parte do problema, mas sim o mais “irrelevante” possível.

Aconselham alguma marca em particular?

Não! Não recebemos comissões de qualquer marca e não aconselhamos nenhuma em particular. É importante reter que uma marca pode ser boa e não ser cara, pode ser cara e ser boa e o inverso de tudo isto. A qualidade deve ser medida em função da necessidade, o custo em função do benefício. Não se deixe levar por modas.

Posso ficar mais uns dias após a viagem?

Sim, claro! Não somos donos do tempo e do destino dos(as) nossos(as) clientes. A nossa orientação, responsabilidade e acção, inicia-se no último ponto de encontro definido para cada viagem, i.e., no destino, e termina no aeroporto desse mesmo destino, antes do regresso ou num ponto de final de viagem definido antecipadamente. Muitos(as) clientes optam por este formato de viagem e já tivemos também quem tivesse optado por estar uns dias no país de destino antes de embarcar na viagem fotográfica.

Vai correr tudo conforme está no site, certo?

Em 85% das vezes, sim! Contudo, a imponderabilidade natural de qualquer viagem, cria por vezes obstáculos que nos obrigam a alterar itinerários, substituir POIs, etc. Motivos de força maior ou questões mais simples e terrenas como cortes de estradas, bloqueios pelas autoridades, encerramentos temporários e motivos similares, são também eles razão suficiente para que nem tudo corra conforme previsto. Os Termos & Condições especificam grande parte destas questões.

PERGUNTAS ESPECÍFICAS PARA CADA VIAGEM FOTOGRÁFICA

Budapeste
Dolomitas
Escócia
Islândia
Madeira
Noruega
Nova Iorque
Picos de Europa
Praga