Durante os últimos dias temos recebido diversos pedidos de informação relativamente à viagem fotográfica aos Picos de Europa e em particular em relação 2 ou 3 pontos de pormenor operacional que queremos esclarecer para todos, já que as perguntas têm sido mais ou menos recorrentes.

Que tipo de roupa/equipamento devo levar? Alguma coisa muito específica?

Não! Nada de muito específico ou técnico. A temperatura pode baixar, mesmo durante o dia em altitudes mais elevadas, é certo, mas nada de muito extremo na altura em que iremos. O vento também é um factor a considerar, sempre e em qualquer destino. Assim, aquilo que recomendamos para a viagem de outono é uma boa camada de base (calças e camisola, térmicas) que podem comprar em qualquer loja de desporto mas que o mais certo é nem virem a usar. Nada de exageros! Umas calças de caminhada, também disponíveis em qualquer loja e um casaco impermeável que permita também algum conforto térmico. Um 3-1 é vulgarmente o casaco aconselhado. Adicionem algumas t-shirts. Depois há uma questão importante que convém salvaguardar no que diz respeito à qualidade do equipamento, e essa diz respeito ao calçado. Quando falamos de calçado falamos naturalmente do binómio meias/botas. Boas meias, boas botas! Ponto. As temperaturas médias não são tão baixas quanto se possa pensar, salvaguardando naturalmente, fenómenos extremos, o efeito de arrefecimento pelo vento e a altitude.

Para lá de tudo isto, o esforço de caminhada ajuda a aquecer durante a deslocação aos POIs. Não esquecer, contudo, que enquanto fotógrafos estarão parados muito tempo para o processo de registo o que, muito naturalmente, pode promover algum arrefecimento corporal. Se adicionarem algum suor à equação, o arrefecimento será ainda mais rápido e prejudicial.

Os valores de referência para os Picos de Europa esperados para os 586m (1922ft) de altitude, são de uma temperatura Máxima Diária Média (MDM) de 13-18 °C, e de uma Mínima Diária Média (mDM) de 5-9 °C. As noites frias para o período de final de outubro e princípio de novembro podem atingir menos de 0 °C, mas muito desse tempo será passado dentro do alojamento.

Vamos para sítios complicados?

Não! A nossa abordagem às viagens fotográficas tem de garantir a nossa segurança e, sobretudo, a dos nossos clientes. Exatamente por essa razão é que a Viewpoint não vende viagens em que o(s) team leader(s) vinculados não tenham uma vasta experiência do terreno e muitas horas de testes, avanços, recuos, criação de itinerários alternativos, etc.

Depois, a nossa abordagem à paisagem é uma que permite o registo fotográfico, sempre. Não podemos fazer viagens fotográficas que na verdade não permitam uma abordagem segura e relaxada q.b. ao processo de registo. 90% dos nossos clientes vão, essencialmente, pela oportunidade de fazer grande fotografia. Assim sendo, os POIs definidos têm sempre em conta o facto de o fotógrafo carregar, para lá de si próprio, uma mochila bem pesada, tripé, e cansaço acumulado.

Como vamos fazer com a comida?

Simples! Paramos vezes suficientes para nos abastecermos de tudo o que é necessário para 1 ou 2 dias. Não há qualquer necessidade de comprarem a alimentação em Portugal para levar de casa. Os preços são normalíssimos. Claro que se quiserem levar alguma alimentação mais técnica como barras energéticas, snacks para caminhada, etc., pode e devem fazê-lo.

Relativamente a pequenos almoços, temos o seguinte: algumas acomodações oferecem pequeno-almoço, mas a hora a que o fazem pode não ser a mais indicada para a nossa abordagem. Certamente teremos de sair muito cedo e falharemos a hora do pequeno-almoço. O nosso conselho é que, quando pararmos para abastecer de alimentos que tenham em consideração a primeira refeição do dia seguinte.

Por agora é tudo, mas à medida de as questões forem surgindo, e caso entendamos que são recorrentes, faremos nova publicação ou uma adição a este post.

Toda a informação acerca desta aventura, mais curta do que o costume e, naturalmente a um preço mais acessível, está na página da viagem fotográfica aos Picos de Europa, com as novas datas já patentes no conteúdo da mesma.

Estamos, como sempre, à vossa inteira e absoluta disposição para qualquer esclarecimento de que necessitem. Relembramos que a Viewpoint expõe todas as tarifas, custos e pormenores para que não seja alvo de qualquer surpresa desagradável.

Links úteis:

One thought on “Picos de Europa – Breves considerações

  1. Pingback: Picos de Europa - Viagem de Outuno pela Viewpoint Tours

Comments are closed.