[Viagem a Nova Iorque: Dia 1 | Dia 2 | Dia 3 | Dia 4 | Dia 5 | Dia 6 | Dia 7 ]

Se existem coisas que eu gosto de fazer e só há bem pouco tempo a vida me proporcionou e deu a oportunidade de concretizar… foi VIAJAR… Claro que existem outras, sim… “outras coisas”, até bem mais importantes e bem vistas pela sociedade, mas viajar permite-me quase que entrar numa outra dimensão, num outro mundo que não é o meu e me faz esquecer tudo o resto…

Tenho essa necessidade, quase como que… se de uma necessidade humana básica se tratasse.
Tal como a minha profissão, a fotografia é uma realidade de luz e emoção permanente… daí, esta ser o escape, o desafio ao mundo e a “nós” próprios!

Bela analogia que faço… mas tudo o que faço amo e tudo o que amo, a vida deixa fluir e permite um verdadeiro fim, mesmo que com tudo isso tenhamos que ultrapassar condições climatéricas adversas, longe da família, horas e horas em pé nas condições mais adversas para captar “aquele segundo”… mas é o momento de partilhar com o mundo as minhas vivências fotográficas… são preciosas, pois tudo à volta muda, menos a fotografia… esta tem poder sobre o tempo, ela retrata a hora, o minuto, o segundo e “congela”!

A logística do dia a dia é deveras atribulada…família, trabalho, dinheiro… sempre o dinheiro, ao qual eu chamo o “complicadinho” que, por muitas vezes tenta travar-nos o sonho…
Gosto de ser realista e “pintar o quadro” tal e qual como ele é, nunca esquecendo que tudo é um todo.

É aquele momento que me faz apaixonar pela fotografia seja ela de que forma for.
São estas imagens que vejo na vida real e que eu fotografo quer mentalmente quer em registo digital e que me dão força para continuar… A VIAJAR!

@patrinica é o meu “eu” fotográfico…

Salte para o Dia 1 | Dia 2 | Dia 3 | Dia 4 | Dia 5 | Dia 6 | Dia 7, da Viagem a Nova Iorque