O uso de drones é, genericamente, permitido em toda a Islândia, mas, como esperado, existem várias leis e regulamentos aplicados ao uso de drones que precisam ser observados ao voar neste incrível país. Certifique-se de que segue todos eles, mas, mais importante, faça bom uso do bom senso para se manter acima e longe de problemas.

Nos últimos dois anos, temos encontrado vários novos lugares onde o uso de drones está a tentar ser banido. Lugares como o Kkirkjufellsfoss têm cartazes a “proibir” o uso de drones naquele local. Honestamente não sabemos se são sinais “oficiais”  lá colocados pelas autoridades, sabemos sim e é um facto, que as pessoas encontram sempre uma maneira de abusar deste tipo de coisa e o bom senso e o respeito pelos outros, é muitas vezes deixado dentro da mala de viagem.

Os drones e a lei da Islândia

  • Não voe um drone sobre pessoas ou grandes multidões;
  • Respeite a privacidade de outras pessoas ao voar seu drone;
  • Não voe acima dos 120 metros;
  • Não voe com o seu drone a menos de 2 km de aeródromos com serviços aéreos regulares ou a 1,5 km de outros aeródromos;
  • Devido à proximidade do aeroporto em Reykjavik ao centro da cidade, é proibido voar com o drone a menos que mantenha a altitude do drone abaixo da dos edifícios;
  • Deve voar durante o dia e só voar em boas condições climáticas;

Não voe em áreas sensíveis, incluindo instalações governamentais ou militares. O uso de drones (com ou sem câmera) nessas áreas é estritamente proibido.

Algumas recomendações …

  • Não voe com ventos fortes;
  • Não voe com chuva;
  • Mantenha uma distância segura de pessoas, animais, veículos e propriedades. Se embater em alguém será responsabilizado pelos danos e poderá até mesmo enfrentar um processo criminal;
  • Planeie o que pode fazer se algo correr mal.

Resumo

RECREATIVO/PRIVADO

O voo é genericamente permitido? Sim!

Existem regras? Sim!

Licença: não é necessária.

Altitude máxima: 120m (acima desta altitude exige-se uma autorização especial);

Sobrevoar pessoas: não pode sobrevoar grupos de pessoas (número não especificado ao contrário do que acontece em Portugal);

Distância máxima: Sem retrição mas, como boa-prática, deverá manter o drone em linha-de-vista;

Peso máximo de descolagem: <3kg dentro de áreas urbanas e 25Kg zonas rurais;

Altura do dia para uso permitido: período diurno salvo se detentor de autorização especial;

Requisitos de rotulagem: Sim!

Seguro: Não obrigatório para drones com menos de 20Kg;

COMERCIAL/PROFISSIONAL

Voo comercial permitido? Sim!

Regras? Sim!

Licença: não necessária.

Altitude máxima: 120m (acima desta altitude carece de autorização especial);

Sobrevoar pessoas: não pode sobrevoar grupos de pessoas (número não especificado ao contrário do que acontece em Portugal);

Distância máxima: Sem retrição mas, como boa-prática, deverá manter o drone em linha-de-vista;

Peso máximo de descolagem: <3kg dentro de áreas urbanas e 25Kg zonas rurais;

Altura do dia para uso permitido: período diurno salvo se detentor de autorização especial;

Requisitos de rotulagem: Sim!

Seguro: Não obrigatório para drones com menos de 20Kg;

Zonas restritas da Islândia

  • Edifícios estatais;
  • Edifícios da autoridade federal;
  • Edifícios da autoridade regional;
  • Airport control zones (CTR);
  • Cidade de Reykjavik (ver condicionalismo acima);
  • Parques nacionais;
  • Edifícios e áreas urbanas (distância min. 1.5km);
  • Hospitais;
  • Edifícios militares, policiais ou das forças de busca e salvamento.

Actualizações às regras e regulamentos do uso de drones na Islândia

O melhor local para encontrar informação exata e actualizada acerca deste assunto é certamente  a secção dedicada aos drones no site da Icelandic Transport Authority. Existe inclusivamente um infográfico bem útil com as regras e recomendações acima mencionadas. (O PDF está mesmo aqui).

Temos várias viagens fotográficas à Islândia! Escolha a sua.