Conduzir nas F-Roads da Islândia em busca do melhor!

A melhor Islândia vê-se cruzando muitas centenas de quilómetros de F-roads. Se vai pela paisagem e pela fotografia então a afirmação anterior ainda deve ser levada mais a sério. Contudo, há algumas coisas que deve saber antes de se aventurar nas F-Roads islandesas.

O calendário das F-Roads

As F-roads islandesas, por norma, já estão praticamente todas abertas em meados de junho, mas a verdade é que as datas, por força das condições meteorológicas, podem variar muito de ano para ano. Há registos de aberturas tardias para estradas como a F88 e a F894 a situarem-se em 20 de julho.

Conduzir nas terras-altas da Islândia é muito diferente de conduzir na N1, a principal estrutura rodoviária do país. As F-roads islandesas não são asfaltadas e, praticamente todas, têm uma ou mais travessias de rio sem ponte. Muitas das pessoas que nos procuram para informações para as suas viagens a solo, perguntam-nos se o tipo de carro x ou y é adequado para uma determinada estrada das terras altas da Islândia e para as travessias de cursos de água que nelas se incluem, mas a nossa reposta nunca pode ser definitiva. Porquê? Algo a notar é que os níveis de água dos cursos de água nas terras-altas islandesas podem mudar de um dia para o outro e, não poucas vezes, de uma hora para outra. Outro erro comum é achar que de verão é mais seguro atravessar cursos de água, mas deveria ser mais ou menos intuitivo perceber que com temperaturas mais elevadas mais água no estado líquido que anteriormente estava no estado sólido.

O meu 4×4 serve para esta estrada?

A pergunta que deve fazer é outra: “A minha condução é adequada para as F-roads e terras-altas da Islândia?” Essa sim, deve ser a pergunta para a qual deve procurar resposta, preferencialmente, ante de pegar no volante. Na esmagadora maioria das vezes, os acidentes rodoviários na Islândia e sobretudo em situações de travessia de cursos de água, são causados ​​por erro humano, não pelo tamanho da viatura, pela distância do eixo ao solo, pelo sistema de tracção, etc. Naturalmente, factores como a distância ao solo, têm um papel preponderante nas travessias de cursos de água. Erros básicos, mas infelizmente comuns, são a condução a velocidade demasiado elevada dentro de água, a incorrecta aferição da profundidade e da força das águas.

Mas sempre há o seguro, certo?

NÃO HÁ SEGURO QUE CUBRA TRAVESSIAS DE CURSOS DE ÁGUA NA ISLÂNDIA. Ou em qualquer outro lugar do mundo, já que falamos disso. Outra coisa para a qual não há seguro que lhe valha é a morte. Bem sabemos que ninguém gosta de ler estas coisas, ou sequer ter de pensar nelas, mas a verdade é que cada vez mais gente se coloca em situações de perigo muito elevado, cujo resultado é, por vezes, a morte. Ainda há menos de um ano, um casal que passava a sua lua-de-mel na Islândia, viu toda a sua vida desmoronar numa situação de travessia de um curso de água. A viatura ficou imobilizado no meio do curso de água, o casal, em pânico, optou por sair e continuar a travessia a pé, mas a força das águas fez com que um deles sucumbisse.

Numa situação deste tipo, o melhor que pode acontecer é ter de ser socorrido, pagando, inevitavelmente, largos milhares de Euros pelos danos causados na viatura. Se nunca treinou travessia de cursos de água com viaturas, a Islândia não é certamente o local para se estrear. Muitas vezes, com 4×4 ou não, há cursos de água intransponíveis.

O que pode fazer para minimizar o risco?

Escolha uma viatura com boa distância ao solo. Claro que custam muitas vezes mais do que os Jimny ou os Dusters e Sanderos (que são significativamente mais). Faça sua pesquisa antes de alugar uma viatura. No local, verifique as condições de travessia; verifique ou tente aferir do melhor trajecto de travessia. Se a altura e força das águas for elevada não atravesse. Conduza MUITO lentamente através do curso de água e não promova mudanças de caixa. Velocidade baixa, mudanças de força (1ª e 2ª). Em último caso espero que outro veículo atravesse para ver a profundidade. Conheça as suas capacidades de condução e nunca coloque em risco a sua vida e a dos outros. Esteja SEMPRE pronto(a) para abandonar o plano de viagem e voltar para outra estrada.

One thought on “Conduzir nas F-Roads da Islândia. O que deve saber antes de se aventurar.

  1. Pingback: Circuitos Turísticos na Islândia - Guia e Dicas para viajar na Islândia

Comments are closed.